Free songs

Morte de Dom Enzo – 2011

30 de abril de 2014
VOLTAR

A Diocese de Araçuaí – MG, onde se encontra a Missão-Paróquia do Vale do Jequitinhonha (Francisco Badaró e Jenipapo de Minas) perdeu na madrugada do dia 24 de outubro de 2011, às 00h30, seu Bispo Emérito, Dom Crescenzio  Rinaldini, por todos carinhosamente chamado de Dom Enzo. 

Sua morte se deu em Belo Horizonte, onde se encontrava internado no CTI há trinta dias. Dom Enzo era italiano e deu sua vida pelo Vale do Jequitinhonha, especificamente pela Diocese de Araçuaí. Uma de suas atividades mais marcantes foi a criação e o desenvolvimento da Pastoral do Migrante, que, na Igreja de Araçuaí e em outras dioceses, faz um trabalho excepcional de acompanhamento dos cortadores de cana e de suas famílias.
Seguem os dados sobre a vida de Dom Crescenzio  Rinaldini:

Nascimento: 27/12/1925, Gardone V.T. (Brescia)/ Itália

Ordenação Presbiteral: 26/06/1949, Brescia, Itália

Ordenação Episcopal: 04/07/1982, Brescia, Itália

Data da renúncia: 08/08/2001

Estudos

Filosofia: Seminário Maior, Brescia, Itália
Teologia: Seminário Maior, Brescia, itália
Outros cursos: Láurea em Matemática e Física na Universidade de Pávia, Itália

Atividades antes do episcopado

Na Itália: Vigário paroquial, Professor no Seminário, Assistente Diocesano da A.C. Juvenil. No Brasil: Pároco, Diretor de Seminário, Professor na Diocese de Araçuaí.

Atividades como bispo
Bispo de Araçuaí, MG (1982-2001)