Tríduo em preparação para a Ordenação Presbiteral do
Diácone Vanderlei Alves dos Reis, C.M.

“Eu me consagro por eles, a fim de que eles também sejam consagrados na verdade” (Jo 17,19)

O Povo de Deus sente a necessidade de presbíteros-discípulos: que tenham profunda experiência de Deus, configurados com o coração do Bom Pastor, dóceis às orientações do Espírito, que se nutram da Palavra de Deus, da Eucaristia e da oração; de presbíteros-missionários: movidos pela caridade pastoral que os leva a cuidar do rebanho a eles confiado e a procurar os mais distantes, pregando a Palavra de Deus, sempre em profunda comunhão com seu Bispo, com os presbíteros, diáconos, religiosos, religiosas e leigos; de presbíteros-servidores da vida: que estejam atentos às necessidades dos mais pobres, comprometidos na defesa dos direitos dos mais fracos, e promotores da cultura d a solidariedade (DA 199)

1º DIA
O Batismo, fonte de toda vocação: consagração total a Deus

Motivação de Aparecida
O sacerdote deve ser homem de oração, maduro em sua opção de vida por Deus, fazer uso dos meios de perseverança, como o Sacramento da Confissão, da devoção à Santíssima Virgem, da mortificação e da entrega apaixonada por sua missão pastoral (DA 195).

Oração do Dia

Ó Deus, que realizando sempre a salvação dos seres humanos, alegrais o vosso povo com mais copiosas graças, olhai com bondade estes vossos filhos e filhas, amparando com vossa paternal proteção os que renasceram pelo Batismo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira leitura (Gl 3,26–4,7)
Leitura da Carta aos Gálatas
Irmãos, com efeito, vós todos sois filhos de Deus pela fé no Cristo Jesus. Vós todos que fostes batizados em Cristo vos revestistes de Cristo. Não há mais judeu ou grego, escravo ou livre, homem ou mulher, pois todos vós sois um só, em Cristo Jesus. Sendo de Cristo, sois, então, descendência de Abraão, herdeiros segundo a promessa. Quero dizer o seguinte: enquanto o herdeiro é menor de idade, ele não se diferencia em nada de um escravo, embora já seja dono de todos os bens. É que ele depende de tutores e curadores até à data marcada pelo pai. Assim, nós também, quando éramos menores, estávamos escravizados aos elementos do cosmo. Quando se completou o tempo previsto, Deus enviou seu Filho, nascido de mulher, nascido sujeito à Lei, para resgatar os que eram sujeitos à Lei, e todos recebermos a dignidade de filhos. E a prova de que sois filhos é que Deus enviou aos nossos corações o Espírito do seu Filho, que clama: “Abbá, Pai!” Portanto, já não és mais escravo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro; tudo isso, por graça de Deus. Palavra do Senhor.

Salmo responsorial (Sl 19/20)
R/. Agora sei que o Senhor salva os seus consagrados!
– Ouça-te o SENHOR no dia da provação, proteja-te o nome do Deus de Jacó.
Do seu santuário te mande auxílio e de Sião te sustente.
Lembre-se de todos os teus sacrifícios e aceite teus holocaustos.
Que ele te conceda o que teu coração deseja, dê sucesso a todo projeto teu.
– Para podermos exultar pela tua vitória, e desfraldar estandartes em nome do nosso Deus;
conceda-te o SENHOR quanto lhe pedes.
Agora sei que o SENHOR salva seu consagrado; respondeu-lhe do seu santo céu,
com a força vitoriosa de sua mão direita.
– Uns confiam nos carros, outros nos cavalos,
mas nossa força está no nome do SENHOR nosso Deus.
Eles vão tropeçar e cair, mas nós ficaremos firmes em pé.
SENHOR, dá ao rei a vitória, atende-nos, quando te invocamos.

Evangelho (Jo 3,1-8)
† Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
Naquele tempo, havia alguém dentre os fariseus, chamado Nicodemos, um dos chefes dos judeus. À noite, ele foi se encontrar com Jesus e lhe disse: “Rabi, sabemos que vieste como mestre da parte de Deus, pois ninguém é capaz de fazer os sinais que tu fazes, se Deus não está com ele”. Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo: se alguém não nascer do alto, não poderá ver o Reino de Deus!” Nicodemos perguntou: “Como pode alguém nascer, se já é velho? Ele poderá entrar uma segunda vez no ventre de sua mãe para nascer?” Jesus respondeu: “Em verdade, em verdade, te digo: se alguém não nascer da água e do Espírito, não poderá entrar no Reino de Deus. O que nasceu da carne é carne; o que nasceu do Espírito é espírito. Não te admires do que eu te disse: É necessário para vós nascer do alto. O vento sopra onde quer e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim é também todo aquele que nasceu do Espírito”. Palavra da Salvação.

Oração sobre as Oferendas
Deus eterno e todo-poderoso, que, ao proclamarmos o vosso nome, nos renovais para a vida eterna pelo sacramento do Batismo, acolhei as oferendas e as promessas dos vossos filhos e filhas, atendendo aqueles que em vós esperam. Por Cristo, nosso Senhor.

Oração depois da Comunhão
Purifiquem-nos, Senhor, nós vos pedimos, os sacramentos que recebemos, e livrai os vossos filhos e filhas de toda culpa, para que os oprimidos pela consciência do pecado possam gloriar-se com o remédio celeste. Por Cristo, nosso Senhor.

2º DIA
A Humanidade, lugar de toda vocação: consagração total aos irmãos

Motivação de Aparecida

O sacerdote não pode cair na tentação de se considerar somente mero delegado ou apenas representante da comunidade, mas sim um dom para ela, pela unção do Espírito e por sua especial união com Cristo (DA 193).

Oração do Dia
Ó Deus, quisestes que a vossa Igreja fosse o sacramento da salvação para todas as nações, a fim de que a obra do Salvador continuasse até o fim dos tempos. Despertai nos corações dos vossos fiéis a consciência de que são chamados a trabalhar pela salvação da humanidade até que de todos os povos surja e cresça para vós uma só família e um só povo. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira leitura (2Cor 5,14-20)
Leitura da Segunda Carta aos Coríntios
Irmãos, o amor de Cristo nos impele, considerando que um só morreu por todos e, portanto, todos morreram. De fato, Cristo morreu por todos, para que os que vivem já não vivam para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou. Assim, doravante, não conhecemos ninguém à maneira humana. E se, outrora, conhecemos Cristo à maneira humana, agora já não o conhecemos assim. Portanto, se alguém está em Cristo, é criatura nova. O que era antigo passou, agora tudo é novo. Ora, tudo vem de Deus, que, por Cristo, nos reconciliou consigo e nos confiou o ministério da reconciliação. Sim, foi o próprio Deus que, em Cristo, reconciliou o mundo consigo, não levando em conta os delitos da humanidade, e foi ele que pôs em nós a palavra da reconciliação. Somos, pois, embaixadores de Cristo; é como se Deus mesmo fizesse seu apelo através de nós. Em nome de Cristo, vos suplicamos: reconciliai-vos com Deus. Palavra do Senhor.

Salmo responsorial (Sl 19/20)
R/. Agora sei que o Senhor salva os seus consagrados!
– Ouça-te o SENHOR no dia da provação, proteja-te o nome do Deus de Jacó.
Do seu santuário te mande auxílio e de Sião te sustente.
Lembre-se de todos os teus sacrifícios e aceite teus holocaustos.
Que ele te conceda o que teu coração deseja, dê sucesso a todo projeto teu.
– Para podermos exultar pela tua vitória, e desfraldar estandartes em nome do nosso Deus;
conceda-te o SENHOR quanto lhe pedes.
Agora sei que o SENHOR salva seu consagrado; respondeu-lhe do seu santo céu,
com a força vitoriosa de sua mão direita.
– Uns confiam nos carros, outros nos cavalos,
mas nossa força está no nome do SENHOR nosso Deus.
Eles vão tropeçar e cair, mas nós ficaremos firmes em pé.
SENHOR, dá ao rei a vitória, atende-nos, quando te invocamos.

Evangelho (Mt 9,35-38)
† Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus
Naquele tempo, Jesus começou a percorrer todas as cidades e povoados, ensinando em suas sinagogas, proclamando a Boa Nova do Reino e curando todo tipo de doença e de enfermidade. Ao ver as multidões, Jesus encheu-se de compaixão por elas, porque estavam cansadas e abatidas, como ovelhas que não têm pastor. Então disse aos discípulos: “A colheita é grande, mas os trabalhadores são poucos. Pedi, pois, ao Senhor da colheita que envie trabalhadores para sua colheita!”. Palavra da Salvação.

Oração sobre as Oferendas
Ó Deus, fazei que suba à vossa presença e seja aceita a oferenda da Igreja suplicante, que a gloriosa paixão de vosso Filho tornou agradável para a salvação do mundo inteiro. Por Cristo, nosso Senhor.

Oração depois da Comunhão

Ó Deus, santificai-nos pela comunhão na vossa mesa e fazei que as nações recebam com alegria, pelo sacramento da vossa Igreja, a salvação realizada na cruz. Por Cristo, nosso Senhor.

3º DIA
A Missão, meta de toda vocação: consagração total ao serviço

Motivação de Aparecida

O presbítero, à imagem do Bom Pastor, é chamado a ser homem de misericórdia e compaixão, próximo a sue povo e servidor de todos, particularmente dos que sofrem grandes necessidades. A caridade pastoral, fonte da espiritualidade sacerdotal, anima e unifica sua vida e ministério (DA 198).

Oração do Dia

Ó Deus, como estabelecestes que o vosso povo fosse conduzido por pastores, derramai em vossa Igreja o espírito de piedade e fortaleza, que suscite sacerdotes dignos do vosso Altar, e capazes de pregar o Evangelho com mansidão e coragem. Por nosso Senhor Jesus Cristo, vosso Filho, na unidade do Espírito Santo.

Primeira leitura (At 3,1-8)
Leitura dos Atos dos Apóstolos
Naquele tempo, Pedro e João estavam subindo ao templo para a oração das três da tarde. Vinha sendo carregado um homem, coxo de nascença, que todos os dias era colocado na porta do templo chamada Formosa, para pedir esmolas aos que entravam. Quando viu Pedro e João entrarem no templo, o homem pediu uma esmola. Pedro, com João, olhou bem para ele disse: “Olha para nós!” O homem ficou olhando para eles, esperando receber alguma coisa. Pedro então disse: “Não tenho ouro nem prata, mas o que tenho eu te dou: em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda!” E tomando-o pela mão direita, Pedro o levantou. Na mesma hora, os pés e os tornozelos do homem ficaram firmes, ele saltou, ficou de pé e começou a andar. E entrou no templo junto com Pedro e João, andando, saltando e louvando a Deus. Palavra do Senhor.

Salmo responsorial (Sl 19/20)
R/. Agora sei que o Senhor salva os seus consagrados!
– Ouça-te o SENHOR no dia da provação, proteja-te o nome do Deus de Jacó.
Do seu santuário te mande auxílio e de Sião te sustente.
Lembre-se de todos os teus sacrifícios e aceite teus holocaustos.
Que ele te conceda o que teu coração deseja, dê sucesso a todo projeto teu.
– Para podermos exultar pela tua vitória, e desfraldar estandartes em nome do nosso Deus;
conceda-te o SENHOR quanto lhe pedes.
Agora sei que o SENHOR salva seu consagrado; respondeu-lhe do seu santo céu,
com a força vitoriosa de sua mão direita.
– Uns confiam nos carros, outros nos cavalos,
mas nossa força está no nome do SENHOR nosso Deus.
Eles vão tropeçar e cair, mas nós ficaremos firmes em pé.
SENHOR, dá ao rei a vitória, atende-nos, quando te invocamos.

Evangelho (Lc 9,11-17)
† Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas
Naquele tempo, as multidões souberam disso e o seguiram. Jesus as acolheu e falava-lhes sobre o Reino de Deus; e curava todos os que precisavam. O dia já estava chegando ao fim, quando os Doze se aproximaram de Jesus e disseram: “Despede a multidão, para que possam ir aos povoados e sítios vizinhos procurar hospedagem e comida, pois estamos num lugar deserto”. Mas ele disse: “Dai-lhes vós mesmos de comer”. Eles responderam: “Só temos cinco pães e dois peixes — a não ser que fôssemos comprar comida para toda essa gente!” Havia mais ou menos cinco mil homens. Jesus então disse aos discípulos: “Mandai o povo sentar-se em grupos de cinqüenta”. Os discípulos assim fizeram, e todos se sentaram. Então ele pegou os cinco pães e os dois peixes, ergueu os olhos ao céu, pronunciou sobre eles a bênção, partiu-os e os deu aos discípulos para que os distribuíssem à multidão. Todos comeram e se saciaram. E ainda foram recolhidos doze cestos dos pedaços que sobraram. Palavra da Salvação.

Oração sobre as Oferendas
Ó Deus, olhai com bondade as preces e oferendas do vosso povo; multiplicai os dispensadores dos vossos mistérios e fazei-os perseverar no vosso amor. Por Cristo, nosso Senhor.

Oração depois da Comunhão
Alimentados pelo pão da vossa mesa, nós vos pedimos, ó Pai, que este sacramento de amor faça germinar as sementes lançadas generosamente por vós no campo da Igreja, para que muitos escolham o vosso serviço na pessoa dos irmãos e das irmãs. Por Cristo, nosso Senhor.

ORAÇÕES VOCACIONAIS

I. 

A. Senhor da messe e Pastor do rebanho, fazei ressoar em nossos ouvidos vosso forte e suave convite: “Vem e segue-me”! Derramai sobre nós vosso Espírito, que ele nos dê sabedoria para ver o caminho e generosidade para seguir vossa voz.
B. Senhor, que a messe não se perca por falta de operários. Despertai as nossas comunidades para a missão. Ensinai a nossa vida a ser serviço. Fortalecei os que querem dedicar-se ao Reino, na Vida Consagrada e Religiosa.
A. Senhor, que o rebanho não pereça por falta de pastores. Sustentai a fidelidade dos nossos bispos, padres e ministros. Dai perseverança aos nossos seminaristas. Despertai o coração de nossos jovens para o ministério pastoral na vossa Igreja.
B. Senhor da messe e Pastor do rebanho, chamai-nos para o serviço do vosso povo. Maria, Mãe da Igreja, modelo dos servidores do Evangelho, ajudai-nos a responder SIM. Amém.

***

II. 

A. Pai Santo, olhai para nossa humanidade. A sua vida ainda é fortemente marcada pelo ódio, pela violência e pela opressão. No entanto, a fome de justiça, de verdade e de graça ainda encontra espaço no coração de muitos, que esperam a salvação por vós realizada, através do vosso Filho Jesus.
B. Precisamos, Senhor, de arautos corajosos do Evangelho, de servos generosos da humanidade sofredora.
A. Mandai à vossa Igreja, nós vos suplicamos, presbíteros santos, que santifiquem vosso povo com os instrumentos da vossa graça.
B. Mandai numerosos consagrados e consagradas, que mostrem vossa santidade no meio do mundo.
TODOS. Mandai para a vossa vinha operários santos, que ajam com o ardor da caridade e, impelidos pelo vosso Espírito Santo, levem a salvação de Cristo até os últimos confins da Terra. Amém.

***

III. 

A. Pai santo, fonte perene da existência e do amor, que mostrais, na vida do homem, o esplendor da vossa glória, e colocais no seu coração a semente do vosso chamado, fazei com que nenhum deles ignore esse dom ou o perca, por negligência de nossa parte, mas que todos, com total generosidade, possam caminhar rumo à realização do vosso amor.
B. Senhor Jesus, que no vosso peregrinar pelas estradas da Palestina, escolhestes e chamastes os apóstolos e confiastes a eles a tarefa de pregar o Evangelho, cuidar dos fiéis e celebrar o culto divino, fazei que também hoje não faltem na vossa Igreja numerosos e santos presbíteros, que levem a todos os frutos da vossa morte e da vossa ressurreição.
A. Espírito Santo, que santificais a Igreja com a constante efusão de vossos dons, inseri no coração dos chamados à Vida Consagrada uma íntima e forte paixão pelo Reino, a fim de que, com um “sim” generoso e incondicional, coloquem a própria existência a serviço do Evangelho.
B. Virgem Santíssima, que, sem hesitar, oferecestes a vós mesma ao Senhor, para a realização do seu projeto de salvação, infundi confiança no coração de todos os fiéis, para que não se cansem no anúncio do Reino de Deus e na disposição de testemunhar, no mundo, a presença libertadora do vosso Filho, Nosso Senhor. Amém.

***

 IV. 

A. Senhor, mandai bons operários à vossa Igreja. Mandai bons missionários como convêm que sejam, para que trabalhem de modo eficaz na vossa vinha.
B. Pessoas, meu Deus, desapegadas de si mesmas, das suas comodidades e dos bens terrenos. Não importa se em pequeno número, contanto que sejam bons.
TODOS. Senhor, concedei esta graça à vossa Igreja.

***

V.

Esperança e salvação de Israel no tempo da tribulação,
lançai um olhar de bondade e visitai esta vinha;
Irrigai os seus sulcos, multiplicai os seus ramos,
e confirmai o que a vossa mão direita plantou.

Pois a messe é grande e os operários são poucos!
Por isso, Nós vos pedimos, Senhor da messe,
Enviai operários à vossa messe.

Multiplicai o seu número e completai a sua alegria,
para que sejam edificados os muros de Jerusalém.
Esta é a vossa casa, ó Senhor Deus, esta é a vossa casa.
Não haja nenhuma pedra que vossa mão santíssima não tenha colocado.
Dai perseverança, Senhor, àqueles que chamastes em Vosso nome, e santificai-os na verdade. Amém!

***

VI.

São Vicente de Paulo, Missionário e Evangelizador dos Pobres, concedei-nos, através de vossa intercessão, jovens corajosos que estejam dispostos a acender o fogo do amor divino em todos os seres, para continuarem a missão do Filho de Deus.
Jovens comunicativos que revelem aos mais pobres e excluídos que o Reino de Deus está, de modo especial, mais perto deles.
Jovens convertidos a Nosso Senhor, que se dirijam cheios de amor à humanidade, para tirá-la da miséria material e espiritual.
Jovens profetas que transmitam tudo o que foi predito pelos profetas, para efetivar realmente o Evangelho.
Jovens que queiram participar da sua glória no céu, compartilhando do sofrimento dos pobres, dos aflitos e martirizados.
Jovens que tratem com compreensão e cordialidade os mais pobres, colocando-se ao seu serviço.
Jovens que se interessem por uma vida interior que se manifeste na fé, na esperança e na caridade, numa atitude de entrega a Deus.
Envia, Senhor, através de São Vicente, vocações generosas, padres, religiosos, religiosas, leigos e leigas, felizes em dedicarem o tempo breve de suas vidas ao amor e à justiça. Amém.

***

VII.

Deus Pai, Criador do mundo, que chamastes o homem e a mulher à vida, dai-nos a luz do Vosso Espírito Santo, a fim de que mais fiéis à Vossa Palavra, possamos continuar em nossa comunidade, a obra redentora de Vosso Filho, Jesus Cristo.
Para isso Vos pedimos a clareza da fé e a coragem para, em comunidade, buscarmos o Vosso Reino. A exemplo de Maria e São Vicente de Paulo queremos responder ao Vosso chamado. Ajudai-nos a ser colaboradores nos ministérios e nas pastorais de nossa comunidade. Dai perseverança aos nossos vocacionados e esperança aos nossos jovens.
E Vos pedimos que mais jovens, moças e rapazes, se sintam chamados a seguirem o Vosso Chamado para a vida religiosa, para o serviço missionário e para o sacerdócio. Amém .

Serviço de Animação Vocacional Vicentino

Caixa Postal  508 – CEP 30123-970
Belo Horizonte – MG
Tel.: (31) 3491-8037
(31) 3435-7259
(31) 9142-8997

E-mail: lazaristavocacional@yahoo.com.br
Venha ser um Missionário Vicentino!