“O Espírito do Senhor está sobre mim, porque ele me ungiu; e enviou-me para anunciar a boa nova aos pobres.” (Lc  4, 18)

TRÍDUO PREPARATÓRIO

1º DIA: “Família, geradora de vocações para o mundo.” 

1. SUGESTÕES PARA AMBIENTAÇÃO:

Preparar um globo terrestre e uma Bíblia (ou Lecionário). Fazer uma procissão da Palavra carregando este globo, acompanhado da Bíblia. Quando chegar ao altar apresentar a Bíblia e o  globo a comunidade e depois coloca-los num lugar previamente preparado com panos coloridos (cores dos cinco continentes) de frente a Mesa da Palavra.

 Para todos os dias: preparar um cartaz com o lema da ordenação: colocá-lo num lugar de destaque junto com os símbolos: banco, bacia, jarra d’água, toalha, figuras e recortes de jornais com realidades de pobrezas.

Sugestão da MISSA PELA FAMÍLIA: (Missal pág. 934)

SUGESTÕES DE LEITURAS (as próprias leituras do dia)

2. COMENTÁRIO INICIAL:

Hoje iniciamos o Tríduo em preparação a Ordenação Diaconal do nosso Irmão Denilson Matias da Silva. Queremos pedir, enquanto comunidade, as bênçãos dos céus a este escolhido de Deus ao serviço do diaconato. Neste primeiro dia ressaltaremos a importância da família no processo de discernimento vocacional de seus filhos. Afinal, a vocação matrimonial e familiar ficam enriquecidas quando os filhos encontram e assumem a sua própria vocação. As vocações, depois de geradas são enviadas ao mundo a fim de torná-lo melhor e mais próximo do Reino de Deus. Rendendo graças pela família, berço das vocações, e também rezando pelo futuro diácono da Congregação da Missão iniciemos o nosso 1º dia do Tríduo.

3. PRECES:

Pres.: “Peçam e lhes será dado! Procurem e encontrarão! Batam e abrirão à porta para vocês”. Diante de tão consoladoras palavras de Jesus e na certeza do amor e da misericórdia de Deus por nós, rezemos para que nunca nos falte o Pão da Vida, a força e a coragem de vivenciar o compromisso assumido através da Eucaristia. Façamos nossas preces.

1. A Igreja é o ponto de encontro entre família terrestre e família celeste. Para que a Igreja continue a alimentar nos seus fieis a importância da família e também o chamado que cada um recebeu como verdadeiro serviço ao Reino, rezemos ao Senhor:

Abençoa Senhor as Famílias, amém! Abençoa Senhor, a minha também! (Bis)

2. O diácono não deixa sua família, ganha uma maior! Para que futuro diácono da Igreja sirva a todos como seus irmãos e irmãs tornando-se assim exemplo a todos como Jesus também foi, rezemos ao Senhor:

Abençoa Senhor as Famílias, amém! Abençoa Senhor, a minha também! (Bis)

3. Família que reza unida permanece unida! Para que as famílias unam-se cada vez mais cultivando assim o amor fraternal que rompe barreiras e limites e possam também rezar pela união de todos os seus, rezemos ao Senhor:

Abençoa Senhor as Famílias, amém! Abençoa Senhor, a minha também! (Bis)

4. Muitos são chamados, mas poucos os escolhidos! Para que os jovens, alicerçados pela família e pela Igreja, possam sentir-se chamados a construção de um mundo melhor e mais fraterno, rezemos ao Senhor:

Abençoa Senhor as Famílias, amém! Abençoa Senhor, a minha também! (Bis)

Pres.: Deus de amor e de bondade, que enviastes teu filho único e a Ele concedestes uma família, olhai com bondade para nossas famílias atendendo aos pedidos que hoje apresentamos. Isto vos pedimos, por Cristo nosso Senhor, na unidade do Espírito Santo! Amém. 

4. ORAÇÃO VOCACIONAL DA FAMÍLIA VICENTINA.

Pai providente e misericordioso, nós vos louvamos e agradecemos, porque sempre nos chamais a participar de vossa vida e de vossa santidade. Fazei ressoar em toda a Família Vicentina esse vosso ardente chamado de amor. Em vossas mãos, depositamos confiantes nossos esforços na vivência da fé, no cultivo da fraternidade e na construção de vosso Reino de justiça e paz.

Senhor Jesus Cristo, que viestes para evangelizar e servir os pobres, como discípulos-missionários, queremos seguir vossos passos, atentos à vontade do Pai, comprometidos com a Comunidade e solidários com os irmãos mais necessitados. Ajudai-nos a permanecer firmes na fé, alegres na esperança, solícitos na caridade, generosos na missão, para que o mundo creia na verdade do vosso amor.

Espírito Santo, que nos tornais continuadores da missão de Jesus e enriqueceis a Igreja com muitos dons para o serviço da humanidade, tornai fecundo o empenho de todos os membros da Família Vicentina – Leigos e Leigas, Irmãs, Padres e Irmãos – concedei-lhes sabedoria e inspirai-lhes palavras e ações para confortar e animar a todos no compromisso com o Evangelho da vida e da esperança.

Trindade Santa,fazei que produzamos os frutos que esperais, na Caridade e na Missão, firmando nossos pés no caminho que conduz a vós, fonte e meta de nossa vida de peregrinos. É o que vos pedimos, com Maria, a Senhora das Graças, e com São Vicente, o irmão dos pobres. Amém.

2º DIA: “Somos chamados a viver em Comunidade”. 

1. SUGESTÕES PARA AMBIENTAÇÃO:

Preparar uma colcha de retalhos e pregar nela o nome de Comunidades que o Denilson já trabalharou. Esta colcha deverá ser trazida para o altar na hora das ofertas por quatro pessoas, cada uma segurando uma das pontas da mesma. Na hora que chegar ao altar colocar a colcha num lugar onde ela fique visível para todos. Pode se trazer juntamente o pão (hóstia) e o vinho.

Para todos os dias: preparar um cartaz com o lema da ordenação: colocá-lo num lugar de destaque junto com os símbolos: banco, bacia, jarra d’água, toalha, figuras e recortes de jornais com realidades de pobrezas.

Sugestão da MISSA PELAS VOCAÇÕES SACERDOTAIS: (Missal pág. 892)

SUGESTÕES DE LEITURAS:

(Lecionário III – Santoral)

1ª Leitura: Jr 1, 4-9 (pág. 484);

Salmo 39 (pág. 488);

Evangelho: Mc 10, 28-30 (pág. 492) 

2. COMENTÁRIO INICIAL:

Viver e crescer em comunidade! Eis o convite que Jesus nos faz todos os dias. É na comunidade que aprendemos a aceitar o diferente e reconhecer nele traços do nosso bondoso Deus Trindade que é uma comunidade perfeita, formado por pessoas diferentes, mas por um mesmo amor. Vivendo em comunidade nós aprendemos a servir com alegria aqueles que estão juntos de nós. O diácono é um servidor que realiza plenamente dentro de uma comunidade que quer viver conjuntamente como irmãos. A comunidade é o lugar da festa e do perdão, por isso, assim como nos alegramos quando tudo está bem, todos se aceitam e se entendem; devemos celebrar a reconciliação, quando surgem os conflitos que tendem a nos separar, a quebrar a aliança que há entre seus membros. Que a comunidade seja a nossa força, que nela enxerguemos sempre o rosto de Deus!

3. PRECES: 

Pres.: “A comunidade merece sempre o melhor”. Acreditando nisto queremos fazer nossos pedidos a fim de que esta comunidade viva cada vez mais segundo a vontade de Deus.

1. Pela nossa Igreja, comunidade de Fiéis, para que ajude os seus filhos e filhas a entenderem o valor de trabalharem juntos, assumindo assim o chamado realizado no batismo, rezemos ao Senhor:

Senhor, ouvi a nossa comunidade!

2. Pelo futuro diácono Denilson, para que valorize a experiência comunitária, entendendo a comunidade como lugar onde se exerce o amor para o serviço, rezemos ao Senhor:

Senhor, ouvi a nossa comunidade!

3. Por todas as nossas Comunidades, para que alimentem nas pessoas o espírito comunitário tão importante na vida do cristão, rezemos ao Senhor:

Senhor, ouvi a nossa comunidade!

4. Por todas as comunidades que passaram e passarão o nosso futuro Diácono Denilson, para que também rezem juntas pela vocação de mais operários que queiram ajudar na construção da comunidade sonhada por Jesus, rezemos ao Senhor:

Senhor, ouvi a nossa comunidade!

Pres.: Senhor Deus, que vivestes em perfeita sintonia comunitária, ouvi os pedidos que hoje vos apresentamos com humildade e confiança. Isto vos pedimos, por Cristo nosso Senhor, na unidade do Espírito Santo! Amém. 

4. ORAÇÃO VOCACIONAL: 

São Vicente de Paulo, Missionário e Evangelizador dos Pobres, concedei-nos, através de vossa intercessão, jovens corajosos que estejam dispostos a acender o fogo do amor divino em todos os seres, para continuarem a missão do Filho de Deus.
Jovens comunicativos que revelem aos mais pobres e excluídos que o Reino de Deus está, de modo especial, mais perto deles.
Jovens convertidos a Nosso Senhor, que se dirijam cheios de amor à humanidade, para tirá-la da miséria material e espiritual.
Jovens profetas que transmitam tudo o que foi predito pelos profetas, para efetivar realmente o Evangelho.
Jovens que queiram participar da sua glória no céu, compartilhando do sofrimento dos pobres, dos aflitos e martirizados.
Jovens que tratem com compreensão e cordialidade os mais pobres, colocando-se ao seu serviço.
Jovens que se interessem por uma vida interior que se manifeste na fé, na esperança e na caridade, numa atitude de entrega a Deus.
Envia, Senhor, através de São Vicente, vocações generosas, padres, religiosos, religiosas, leigos e leigas, felizes em dedicarem o tempo de suas vidas aos mais pobres. Amém.

3º DIA: “Ministério Diaconal: ‘Quem quiser ser o primeiro, seja o vosso servo!’”

1. SUGESTÕES PARA AMBIENTAÇÃO:

Preparar uma cruz grande com o nome do futuro Diácono colado na sua haste horizontal. No centro da cruz colocar um coração vermelho e, transpassando-a, uma estola diaconal. Esta cruz deverá entrar no final da missa, depois da oração pós-comunhão, com a música: “No peito eu levo uma cruz, no meu coração o que disse Jesus”. Em seguida, reza-se a Oração Vocacional.

Para todos os dias: preparar um cartaz com o lema da ordenação: colocá-lo num lugar de destaque junto com os símbolos: banco, bacia, jarra d’água, toalha, figuras e recortes de jornais com realidades de pobrezas. 

Sugestão da MISSA PELOS MINISTROS DA IGREJA: (Missal, pág. 891)

SUGESTÕES DE LEITURAS:

(Lecionário III – Santoral)

1ª Leitura: Ef 4, 1-7. 11-13 (pág. 458)

Salmo 95 (pág. 461)

Evangelho: Mt 20, 20-28 (pág. 462)

2. COMENTÁRIO INICIAL:

“Servir com alegria!” Eis a grande missão que o Denilson está por abraçar. Ser o primeiro pode nos levar a grandes honrarias; isto se seguirmos a lógica humana; pois a lógica divina nos leva a sempre contemplar no outro o irmão para servir, e em especial para nós da Família Vicentina, somos convidados a lavar os pés dos mais pobres. Fazer-se servo é reconhecer a grandeza do amor de Deus que nos leva a enxergar o nosso irmão simplesmente porque se ama de verdade. É no amor e por amor que se serve; é por este mesmo amor que convertemos corações e somos convertidos. Que neste terceiro dia do tríduo preparatório para ordenação diaconal, o nosso amigo Denilson repita as mesmas palavras de Maria quando foi chamada: Eis aqui o servo do Senhor, faça-se em mim segundo a vossa Palavra! 

3.  PRECES: 

Pres: Deus Pai de amor, que enviastes teu Filho único para nos servir e nos amar, escuta nossos pedidos que apresentamos com tanto amor e confiança:

1. Por toda a Igreja, mãe e mestra, para que cultive sempre mais a vocação dos seus filhos levando-os a servir em primeiro lugar como discípulos-missionários, rezemos ao Senhor:

Senhor, que sejamos discípulos de tua palavra!

2. Pelos Missionários Vicentinos, para que sejam autênticos pastores e que enxerguem nas ovelhas o próprio Deus clamando por igualdade e dignidade, rezemos ao Senhor:

Senhor, que sejamos discípulos de tua palavra!

3. Pelos nosso futuro diácono Denilson, para que continue a servir por meio do ministério diaconal todo o povo de Deus, rezemos ao Senhor:

Senhor, que sejamos discípulos de tua palavra!

4. Por todos os vocacionados a vida sacerdotal e religiosa, para que o Senhor envie mais operários e que estes sejam verdadeiros servidores do Reino de Deus, rezemos ao Senhor:

Senhor, que sejamos discípulos de tua palavra!

Pres.: Ó Pai de bondade e de amor, que nos servistes por meio de teu Filho Jesus e nos inspirastes através de seu Santo Espírito, escuta estas nossas súplicas que fazemos com muita confiança. Isto vos pedimos por Cristo Nosso Senhor, na unidade do Espírito do Santo. Amém! 

4. ORAÇÃO VOCACIONAL: 

“Senhor, mandai bons operários à vossa Igreja, mandai missionários, como convém que sejam, para que trabalhem de modo eficaz na vossa vinha; pessoas, meu Deus, desapegadas de si mesmas, das suas comodidades e dos bens terrenos. Não importa se em pequeno número, contato que sejam bons. Senhor, concedei esta graça à vossa Igreja”.São Vicente de Paulo)

Província Brasileira da Congregação da Missão – PBCM

Caixa Postal 508 – CEP: 30.161-970 – Belo Horizonte – MG

MISSIONÁRIOS VICENTINOS – PADRES E IRMÃOS LAZARISTAS

VENHA SER MISSIONÁRIO CONOSCO!
DEIXE-SE SER TOCADO POR DEUS
E PELO SOFRIMENTO DOS IRMÃOS!

Contatos: nahas.franco@bol.com.br
lazaristavocacional@yahoo.com

Pe. Alexandre Nahass Franco: 31-9172-2797 / 31-3424-7488 / 21-98463-2749
Animador Vocacional