Free songs

Encontro Nacional dos Estudantes Vicentinos – 2011

29 de abril de 2014
VOLTAR

Aconteceu, entre 25 e 30 de julho de 2011, em Belém – PA, o XXVIII Encontro Nacional dos Estudantes Vicentinos – ENEV, cujo tema foi: “A vida e a vocação do Irmão na Congregação da Missão”. Num espírito alegre, fraterno e de dedicação, reuniram-se os estudantes das três Províncias do Brasil (PFCM, PBCM, CMPS), sendo sediado pela Província de Fortaleza.

Guiados pelo Espírito Santo e imbuídos do carisma de São Vicente de Paulo, refletimos a temática, promovemos debates, confraternizações e visitamos  uma comunidade de periferia. Durante a realização de todas essas atividades tivemos a oportunidade de conhecer um pouco a realidade de cada Província.

A partir do tema: “A vida e vocação do Irmão na CM”, buscamos refletir a realidade do Irmão hoje, fazendo um resgate histórico e apresentando propostas acerca da vocação do Irmão para as nossas equipes vocacionais e formativas. Deste modo, contamos com a colaboração dos assessores que enriqueceram o encontro com suas experiências. Primeiro, a Irmã Fátima de Castro, FC, da Província da Amazônia, refletindo sobre a “A vida consagrada”. Trabalhando com o método Ver, Julgar e Agir. O Ver: traçando o perfil e os desafios da vida consagrada; o Julgar: vendo Jesus Cristo como o próprio consagrado do Pai e o Agir: de acordo com as próprias convicções que nós assumimos ao respondermos ao chamado de Deus.

Contamos ainda, com a assessoria do Irmão Adriano Ferreira, CM, da PBCM, meditando sobre “A vida e vocação do Irmão na CM”, desenvolvendo a temática em três momentos:

1º O passado do Irmão na CM: analisado a partir de um processo histórico, convergindo a uma visão otimista do Irmão. A partir disso, foi feito um resgate dos mais influentes Irmãos relatando as suas qualidades e atividades que beneficiaram a Congregação.

2º O presente: a Identidade e a missão do Irmão. Identidade no sentido do que é o Irmão e a sua vocação como: chamado de Deus, consagrado, leigo, evangelizador dos pobres conforme Jesus Cristo, tendo o espírito de São Vicente de Paulo e em comunhão com a Igreja. Compreendendo o Irmão como evangelizador dos pobres.

Já missão do irmão é a mesma de Jesus Cristo: anunciar a Boa Nova aos pobres. Todos somos iguais na vocação vicentina. Nossa vocação independe da opção pelo laicato ou pelo sacerdócio. Ao chegarmos à congregação deveríamos ter em mente a ideia do ser missionário vicentino, independentemente da maneira que se escolher viver isso.

3º O futuro na perspectiva do Irmão no século XXI, apresentando os desafios do consagrado nos tempos de hoje e buscando um novo jeito de ser Irmão.

Algumas propostas foram lançadas, tendo em vista valorizar e cativar a vocação do Irmão em nossa Congregação. E os meios pelos quais podemos realizar essas propostas, na visão dos estudantes são: nas assembleias provinciais refletir mais sobre “A vida e a vocação do Irmão na CM” procurando conscientizar mais os coirmãos sobre o papel do Irmão; que a pastoral vocacional divulgue e trabalhe mais a vocação do Irmão. Que as Províncias elaborem linhas de ação que norteiem a ação pastoral do Irmão e uma formação mais específica (um olhar mais atento).

Os últimos momentos do Encontro foram reservados à avaliação. Todos consideraram importante o tema trabalhado, tal como a colaboração dos assessores e a participação dos estudantes das três Províncias. O XXIX ENEV acontecerá em Curitiba- PR do dia 16 a 21 de julho de 2012, com a seguinte temática “A dimensão missionária na CM à luz dos 50 anos do Concílio Vaticano II”.
Divino Abel Mendes Pires
     (2º ano de Filosofia)