I.    POSTULADOS RELACIONADOS COM OS ESTATUTOS

0.    A Assembleia Geral atendendo Postulado apresentado pelo Superior Geral, Pe. G. Gregory Gay, aprova o aumentar o número de 3 para 4 assistentes gerais, além do Vigário Geral.

(Postulados de 1 a 7. Ainda não foram analisados)

II.   POSTULADOS QUE A COMISSÃO RECOMENDOU QUE FOSSEM SUBMETIDOS AO SUPERIOR GERAL E SEU CONSELHO E DESTA FORMA FORAM APROVADOS PELA ASSEMBLEIA:

8.    A Assembleia Geral atendendo Postulado apresentado pelas Províncias de Áustria e Alemanha pede ao Superior Geral que estude a realização da seguinte proposta:

A -O catálogo da Congregação da Missão deve ter como base um sistema digital para que possa ser atualizado não somente na Cúria Geral, mas também online em cada província para sua própria seção (mediante sena de acesso).

B -O Catálogo online será acessível a todos os missionários (mediante senha de acesso).

C -A versão anual impressa será feita com os dados do catálogo online.

9.    A Assembleia Geral, atendendo Postulado apresentado pela Província de Portugal que sentindo a falta de um Diretório sobre Paróquias, tendo em conta o número de coirmãos em nível de toda a Congregação e em nível Provincial que trabalha neste ministério paroquial (por volta de 35%), conforme reunião de Párocos da Europa recomenda ao Superior Geral e seu Conselho: A elaboração de um Diretório sobre Paróquias para os Missionários que trabalham neste ministério, a fim de dar um respaldo jurídico à aceitação de paróquias, a forma de nelas trabalhar e os objetivos que se pretendem alcançar.

10.1.    A Assembleia Geral encarrega ao Superior Geral e seu Conselho de: Iniciar o processo de revisão da “Ratio Formationis” prevendo uma única “Ratio” na qual se contemple:

A – O período de ensinamento preparatório e de acompanhamento vocacional (A fase do primeiro discernimento para o conhecimento da Comunidade) – seria elaborado tendo como base as diversas experiências realizadas.

B – O Seminário Interno (fase de eleição vocacional) – seria apenas atualizada.

C – O Seminário Maior (fase da formação inicial específica) – seria atualizada e completada.

D – O período pós-seminário (fase de apoio aos primeiros anos de ministério) – seria elaborado completamente.

10.2.    A Assembleia Geral recomenda ao Superior Geral e seu Conselho, conforme Postulado apresentado pela Província de Roma: Elaborar um Guia prático para os Formadores parecido aos que a Cúria elaborou nos últimos anos para Visitadores, Superiores Locais, Diretores das Filhas da Caridade na qual se integrem as normas das duas “Ratio” com indicações práticas que sirvam de instrumento para ser usado com facilidade na atividade formativa. Neste caso se poderiam unir as indicações para a Formação Inicial com as da Formação Contínua.